Faça parte deste Mundo! Cadastre-se agora mesmo receba conteúdos exclusivos.Cadastre-se aqui

A loja de Fantasias do Vinícius

Estou no 5º semestre de Publicidade, mas sempre curti Arquitetura também. Moro em São Paulo há quatro anos, mas minha família é de Canela/RS, onde minha mãe tem uma loja de locação de fantasias há uns 10 anos. Quando decidimos fazer a reforma, comecei a divagar na internet procurando por ideias e, de alguma forma, cheguei ao seu blog e fiquei maravilhado a cada post. Passado o momento de “puxa-saquismo”, vou começar a contar sobre a reforma.

 

 

 

Mesmo tendo a “veia criativa” em toda a família, a decoração sempre foi água-com-açúcar. Na última reforma, deixamos tudo branco e laranja. Até que enjoamos (e muito!) do laranja e resolvemos radicalizar, levando a loja para um estilo mais retrô-rock e imagina só o que deu…

 

 

 

Queríamos nos livrar da cor amarela nas aberturas, mas a preguiça de desmontar tudo e depois montar começou a nos fazer pensar: o que combina com amarelo mesmo? E advinha se não foi o cinza? Pintamos toda a loja de cinza – mais especificamente o Prata Aviador, da Coral. Trocamos as duas lâmpadas fluorescentes do teto por duas luminárias suspensas vermelhas lindíssimas. Até agora, ninguém acredita que fui eu que fiz.

 

 

 

 

Pensamos em forrar o balcão com um contact bem legal, mas aqui em Fimdomundópolis, como diz minha mãe, não achamos nenhuma estampa legal. Pensamos no papel de parede, mas desistimos ao descobrir que, aqui, um rolo com 10m custa R$ 450. A solução veio numa sacola que minha avó achou numa lixeira por aí: dezenas de revistas de moda antigas, da década de 50, P&B, já amareladinhas, do jeitinho que sonhamos. Após algumas horas de tesoura e cola branca, deu resultado bem melhor que o papel de parede caríssimo.

 

 

 

 

Os provadores de fuxico também já estavam gastos. Fomos na loja de tecidos e me apaixonei pelas caveirinhas. E para ficar mais doido ainda, compramos o floreado para o outro provador. Pra quê ser igual, né?

 

 

 

 

 

Na parede colocamos algumas molduras (daquelas compradas nas lojas de R$ 1,99) e devidamente pintadas com tinta spray. Ainda falta um quadro com uma foto da minha avó, já que a loja leva o nome dela, resolvemos fazer a homenagem. Escolhemos uma foto dela com uns 18 anos, mas que está sendo restaurada. E para dar o toque final do balcão, coloquei um abajur de flores de ferro que meu tio faz. (Lembra que falei da veia artística da família? Rsrs)

 

 

 

<p style=”text-align: left;”>As araras que sempre quebravam foram substituídas por duas araras suspensas com cabo de aço. Como o forro é de madeira, tivemos que prender nas tesouras da casa, por isso só colocamos duas. 

 

 

Na verdade, a reforma ainda não foi concluída. Faltam algumas prateleiras para os acessórios das fantasias e duas araras fixas de parede, mas como eu tive que voltar para São Paulo, corri para finalizar o que dava para fotografar antes da viagem.

 

 

 

Obrigado pelas dicas. A loja está encantadora, todos que entram elogiam e eu adorei a moda DIY. Começarei a mexer na minha casa em SP também… Vida longa ao HC!

 

Compartilhe

A loja de Fantasias do Vinícius

Comentários

Deixe seu comentário aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta no Facebook!
Gosta de novidades e dicas para decorar sua casa? Curta nossa Fan Page no Facebook e receba diariamente dicas, novidades e muito mais!
Quero receber as dicas
curta e fique por dentro de tudo que acontece no Mundo das Casas
Powered by Autience