Faça parte deste Mundo! Cadastre-se agora mesmo receba conteúdos exclusivos.Cadastre-se aqui

Os bichos estão soltos

 A expressão animal print nasceu nos anos 1950 e remete ao uso dos desenhos de peles de animais – onça, zebra, leopardo, crocodilo, cobra, vaca e girafa, sendo utilizada na confecção de roupas, bolsas, sapatos e acessórios. Estilistas bacanas, como Ralph Lauren, Dolce&Gabanna e Roberto Cavalli usaram essas estampas e o resultado foi inspirador para o ramo da decoração e design.

 

 

 

O uso desse recurso não tem regras específicas. O perfil do usuário irá definir a melhor forma de aplicar a tendência. Mas é preciso manter a harmonia no ambiente. Isso porque podemos cair facilmente no exagero!

 

 

Para evitar que o ambiente fique com aspecto pesado ou brega, é necessário tomar alguns cuidados. Não misturar o padrão dos animais, por exemplo, mantendo uma única estampa, é uma dica para não errar na proposta. Em um ambiente mais clean, como uma sala com estofados brancos, abuse das estampas com detalhes de onça ou zebra.

 

 

 

Já para ambientes mais sofisticados, uma opção é investir na tendência por meio de peças que tenham maior evidência, como estofados, paredes e pisos. Nesses casos, é indispensável contrastar o animal print com cores neutras, para não ficar cansativo! A tendência também permite abusar do lúdico. O ambiente fica divertido se aplicar a estampa do animal favorito em pufes, cadeiras e luminárias.

 

 

 

 

 

Compartilhe

Os bichos estão soltos

Comentários

Deixe seu comentário aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta no Facebook!
Gosta de novidades e dicas para decorar sua casa? Curta nossa Fan Page no Facebook e receba diariamente dicas, novidades e muito mais!
Quero receber as dicas
curta e fique por dentro de tudo que acontece no Mundo das Casas
Powered by Autience